Como Funciona Um Casamento Evangélico

Como Funciona Um Casamento Evangélico

Casamento Evangélico – Cada religião vê, de uma forma diferente, o significado do enlace matrimonial – mas em uma coisa todas elas parecem concordar: o casamento, em sua essência, é a junção de duas pessoas que estão, pelo menos em teoria, ligadas por toda a vida através do amor. No casamento evangélico, por exemplo, essa é a força que leva a cerimônia a ser significativa.

Mas o jeito de conduzir o enlace é diferente da igreja católica, por exemplo, que considera o matrimônio um dos sete sacramentos. Para os evangélicos o casamento não é um sacramento, como para os católicos, mas não deixa de ser uma instituição divina que deve ser respeitada, abençoada por Deus e compartilhada pelas pessoas que amam o casal.

Os preparativos casamento para o enlace considerado evangélico são quase os mesmos dos preparativos para o católico, e o que muda é a forma com que o pastor conduz a cerimônia e abençoa o novo casal. No casamento evangélico não há ritos tradicionais e juramento, mas há o compromisso de fidelidade, respeito e amor.

Ao contrário do casamento católico, o evangélico prevê apenas um casal de padrinhos, que tem a função de segurar o buquê da noiva e passar as alianças na hora da bênção. Após a cerimônia, uma ceia especial pode ser realizada, onde os noivos comem vinho e pão na presença dos convidados e o celebrante faz um discurso espontâneo que se assemelha ao sermão matrimonial católico, falando da importância da família, da presença de Deus e do compromisso do casal para a vida após o enlace.

Uma das principais dicas de casamento para o casal evangélico é ter uma conversa com o pastor antes da cerimônia, para que possam se conhecer melhor e definir, junto ao celebrante, as características do evento. É bom que os famosos votos de casamento estejam bem escritos ou decorados, já que no casamento evangélico os noivos prestam homenagens recíprocas, através de músicas ou testemunhos que contam a história do casal.

Assim como em qualquer outra religião, na evangélica o casamento tem a mesma importância: celebrar o amor e selar o compromisso de união frente aos olhos de Deus. Seja qual for sua religião, o importante mesmo é amar, ser amada, e feliz…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *